Você não está logado | Entrar | Cadastrar
20/10/2010

Para o PPS, agressão contra Serra é reflexo de discurso fascista de Lula e do PT







Foto: Rafael Andrade/Folhapress
Para o PPS, agressão contra Serra é reflexo de discurso fascista de Lula e do PT
Serra foi cercado e agredido por militantes do PT no Rio de Janeiro.


Por: Da Redação

A agressão de militantes petistas contra o candidato a presidente José Serra (PSDB) na tarde desta quarta-feira, no Rio de Janeiro, é reflexo do discurso agressivo e da pregação fascista contra o oposição adotada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva e sua candidata Dilma Rousseff. "Infelizmente começam a surgir aqueles que são guiados pelos desatinos do presidente da República, que quer extirpar a oposição. Quando Lula diz uma insanidade dessas provoca esse tipo de ódio na rua", criticou o presidente nacional do PPS, deputado federal eleito Roberto Freire.

A avaliação de Freire é compartilhada pelo deputado federal Raul Jungmann (PPS-PE), que também responsabiliza o presidente Lula e o PT pela agressão contra José Serra. "Isso está ligado a tentativa de destruir ou eliminar o adversário a qualquer custo, postura típica de partidos e personalidades autoritárias e antidemocráticas", afirmou.

A agressão contra Serra aconteceu quando o candidato fazia uma caminhada pelo bairro do Campo Grande, no Rio, e foi cercado por militantes petistas, que o impediram de seguir com a campanha e começaram a insultá-lo. Na confusão, Serra foi atingo na cabeça por um objeto arremessado por militantes do PT. Ele chegou a ser levado para uma clínica, onde fez exames, e os médicos lhe recomendaram repouso, o que ocasionou o cancelamento do restante de sua agenda no dia.

Na avaliação de Jungmann, a pregação de Lula, que chegou a propor a extirpação da oposição, também contribui para o acirramento dos ânimos, o que descamba para violências como a praticada nesta quarta-feira contra José Serra. "Quando Lula esteve aqui em Pernambuco e me agrediu, e agrediu também o senador Marco Maciel, eu alertei que ele estava insuflando e estimulando o ódio das massas. Isso porque Lula, com a popularidade que tem pelo fato de ser presidente da República, ao apontar e propor a extirpação, destruição e a agressão aos adversários na política, ainda que de forma verbal, pode estar estimulando algum maluco, algum desavisado e fanático, a tornar realidade o que ele verbalizou".

O alerta não foi levado em conta pelo presidente e, como Jungmann previu, Serra, principal referência da oposição, acabou se tornando alvo "da insanidade política". "Isso é uma regressão em termos de cultura política e deve ser creditado não só ao presidente, mas também ao seu partido".

Para Jungmann, essa agressividade tem como pane de fundo o estilo de fazer política que é próprio do PT. "Isso também tem acontecido aqui em Pernambuco. Ainda ontem (19/10) nós tivemos problemas quando fomos fazer um adesivaço para Serra em Recife. Inclusive nós temos orientado a nossa militância a não aceitar e nem devolver provocações", contou o deputado. Esse tipo de atitude, avalia o parlamentar, também reflete o desespero que vive hoje o PT. "Eles julgavam que iriam ganhar a eleição no primeiro turno e agora estão vendo a vitória fugir das suas mãos porque Serra é o favorito para ganhar o segundo turno. Aí apostam na antipolítica, na despolitização, no nós contra eles", finalizou.





Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 247 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Deixe seu comentário
Bloqueado
É preciso estar logado para deixar um comentário.
Clique aqui, cadastre-se e participe!!


Este conteúdo tem 3 comentário(s)





Enquete
Em quem você votaria para presidente do Brasil em 2018?


Outros
Michel Temer
Marina Silva
Geraldo Alckmin
Lula
João Doria
Cristovam Buarque
Ciro Gomes
Bolsonaro
Aécio Neves
Opa, selecione uma opção.










Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação | Hospedagem e Manutenção:Núcleo de Tecnologia do PPS
© Partido Popular Socialista - PPS (2008)