Você não está logado | Entrar | Cadastrar
21/09/2009

Na TV, PPS condena taxação da poupança e recriação da CPMF. Partido quer novo projeto para 2010







Foto: Tuca Pinheiro
Na TV, PPS condena taxação da poupança e recriação da CPMF. Partido quer novo projeto para 2010
Soninha diz que é possível mudar o jeito de fazer política no Brasil.


Por: Valéria de Oliveira

Chega de impostos poderia ser a frase para resumir a temática do programa nacional do PPS que foi ao ar na nesta quinta-feira (24) em rede nacional de televisão. As inserções do partido, condenando a taxação da poupança e a recriação da CPMF continuam sendo veiculadas nos intervalos comerciais, sempre a partir das 20 horas, nos dias 26 e 29 de setembro e 1° de agosto. (Reveja o programa)

Confira as inserções

Freire - CPMF
Jungmann - Poupança
Freire - Projeto 2010
Soninha - Mudança

No programa nacional, o presidente nacional, Roberto Freire, começou rechaçando a tentativa do governo de recriar o imposto do cheque com um novo nome (CSS), exorta a cidadania a barrar mais esta investida do governo Lula e afirma que "dinheiro bom é dinheiro no bolso do povo".

O deputado Raul Jungmann (PE) voltou à carga com o repúdio à taxação da caderneta de poupança. Desta vez, com a medida do governo já anunciada pelo Ministério do Planejamento e pronta para ser enviada ao Congresso. "Collor sequestrou, e o presidente Lula que disse que não mexeria na poupança vai taxar um milhão de brasileiros, que terão de pagar R$ 1 bilhão a mais de impostos", diz o parlamentar. Não são os ricos os atingidos, lembra ele, mas "os idosos, os aposentados e os assalariados".

Serra e Aécio

Os dois prováveis candidatos do PSDB a presidente, governadores José Serra, de São Paulo, e Aécio Neves, de Minas, foram retratados no XVI Nacional do PPS, destacando o papel do partido na história e no presente do Brasil. "Herdou tradições fundamentais da nossa história e olha para o futuro", afirma Serra. Aécio também acha que o PPS "soube manter-se fiel às suas tradições, mas também modernizar-se e compreender o Brasil de hoje e seus desafios".

O ex-presidente Itamar Franco, agora filiado ao PPS, declarou ter escolhido o partido porque "ele tem um campo ideológico definido e porque tem ética". O deputado Fernando Gabeira (RJ), do PV, adianta que o próximo momento da política brasileira é "tentar salvá-la da desmoralização e buscar credibilidade para avançar na luta".

Congresso

Sobre o XVI Congresso do partido, realizado em agosto, o programa ressaltou que ele definiu perspectivas para 2010, com o apoio a uma candidatura do espectro democrático e reformista. "O Brasil precisa ter um programa de desenvolvimento maior; não cair na demagogia fácil, e superar a crise, que ainda não superamos", disse Roberto Freire.

O líder na Câmara, Fernando Coruja (SC), ressalvou que, apesar de pequena, a bancada do PPS "é aguerrida" e que neste final de ano está particularmente concentrada em três prontos: impedir a aprovação do imposto do cheque (CSS), garantir aumento real para os aposentados, acabando com o fator previdenciário, e se dedicar à tramitação da lei do pré-sal, para que ela seja regulamentada de verdade e os recursos advindos, no futuro, sirvam para minimizar os problemas do país e fortalecer a soberania nacional.

As resoluções políticas de jovens e mulheres no congresso e a transmissão do evento pela internet, com a participação de gente de todo o Brasil, filiados ou não ao PPS, também foi destaque no programa ao falar do encontro, realizado no Rio de Janeiro.

 

Matéria atualizada em 24/09/09.





Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 190 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Deixe seu comentário
Bloqueado
É preciso estar logado para deixar um comentário.
Clique aqui, cadastre-se e participe!!


Este conteúdo tem 10 comentário(s)





Enquete
Em quem você votaria para presidente do Brasil em 2018?


Outros
Michel Temer
Marina Silva
Geraldo Alckmin
Lula
João Doria
Cristovam Buarque
Ciro Gomes
Bolsonaro
Aécio Neves
Opa, selecione uma opção.










Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação | Hospedagem e Manutenção:Núcleo de Tecnologia do PPS
© Partido Popular Socialista - PPS (2008)