Você não está logado | Entrar | Cadastrar

Informativo

Cadastre seu email e receba as notícias do PPS





Seja um Filiado
29/08/2008

PPS divulga nota sobre candidato a prefeito de Granja, no Ceará




Por: Da Redação

A Executiva Nacional do PPS divulgou nota, nesta sexta-feira, sobre as providências que serão adotada em relação ao candidato do partido à prefeitura de Granja (CE), Romeu Aldigheri, que é acusado de usar no horário eleitoral a voz de uma pessoa imitando o presidente Lula prestando apoio à sua candidatura.


A nota esclarece que como nem Aldigheri e os dirigentes estaduais do PPS  não apresentaram provas de que o candidato estaria sendo vítima de uma armação por parte de adversário no prazo estabelecido de 48 horas, a Executiva Nacional determinou que o Conselho de Ética abra um processo para investigar o fato.


"Se restar provado a veracidade dessas acusações, não haverá mais condição do Sr. Romeu Aldigheri permanecer entre nossos filiados", diz o texto assinada pelo presidente do partido, Roberto Freire. Veja, abaixo, a nota.


Nota de Esclarecimento


A Comissão Executiva do Diretório Nacional do Partido Popular Socialista vem a público prestar os necessários esclarecimentos sobre o lamentável fato divulgado pela mídia nacional, nesta semana, envolvendo um candidato do PPS na disputa da prefeitura de Granja, no interior do Ceará.


Ao sabermos que nosso filiado, Romeu Aldigheri, foi denunciado como responsável por uma montagem de propaganda eleitoral, na qual era utilizada a voz de uma pessoa que imitava o presidente Lula, manifestando-lhe seu apoio como se fosse  o seu candidato.


Solicitou-se, de imediato, informações e providências a esse respeito da  nossa Comissão Estadual Provisória no Ceará. Foi dado, então, um prazo de 48 horas, para que o candidato esclarecesse efetivamente o que ocorrera ou estaria ocorrendo, e apresentasse provas documentais de que estaria sendo vítima de uma ação desonesta dos seus adversários – como ele alegava aos dirigentes estaduais.


Diante da ausência de qualquer explicação por parte do referido candidato, dentro do prazo para esclarecimentos preliminares, a Executiva Nacional sente-se compelida a solicitar à Comissão de Ética Nacional que abra processo para esclarecer os fatos e estabelecer as medidas cabíveis para resguardar a disciplina partidária.


No entendimento dessa Executiva, se restar provado a veracidade dessas acusações, não haverá mais condição do Sr. Romeu Aldigheri permanecer entre nossos filiados, pois a tentativa de ludibriar os eleitores fere os mais elementares princípios que norteiam a atividade pública do Partido Popular Socialista.

Brasília 29 de agosto de 2008

Roberto Freire
Presidente Nacional





Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 106 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Deixe seu comentário
Bloqueado
É preciso estar logado para deixar um comentário.
Clique aqui, cadastre-se e participe!!


Este conteúdo tem 7 comentário(s)





Enquete
Em quem você votaria para presidente do Brasil em 2018?


Outros
Michel Temer
Marina Silva
Geraldo Alckmin
Lula
João Doria
Cristovam Buarque
Ciro Gomes
Bolsonaro
Aécio Neves
Opa, selecione uma opção.










Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação | Hospedagem e Manutenção:Núcleo de Tecnologia do PPS
© Partido Popular Socialista - PPS (2008)